Gestão Inovação Tecnologia

A relação do metaverso com a jornada de transformação digital em empresas

A relação do metaverso com a jornada de transformação digital em empresas

Por meio do avanço da tecnologia e cada vez mais inovações surgindo, muito tem se falado nos últimos anos sobre o metaverso, um agregador para quem vive imerso no universo digital. Esse espaço se soma às já conhecidas realidades virtual e aumentada e à Internet das Coisas (IoT).

Com mil e uma possibilidades, o metaverso também chega para alavancar o cenário de transformação digital, que a partir disso abre um leque de novas oportunidades e caminhos que as empresas podem seguir para se manter relevantes no mercado. No entanto, a novidade, que tem objetivo de chegar a mais de 800 bilhões em investimento até 2024, precisa ser entendida da melhor forma para que os negócios adentrem nesse mundo e, de fato, conquistem o sucesso e crescimento esperado.

Entenda mais sobre essa tendência e saiba como ela se relaciona com a transformação digital e por que a sua organização deve tê-la como aliada de gestão. 

Boa Leitura!

O que é o metaverso?

A ideia do metaverso nem de longe é nova. O termo surgiu na década de 1980 através da literatura cyberpunk, com o livro ‘Snow Crasha”. No entanto, ganhou destaque em 2021, quando a gigante rede social Facebook anunciou que seu objetivo era se tornar uma “empresa de metaverso” em até cinco anos, mudando o nome do grupo para “Meta”.

Ao mesmo tempo em que a tendência foi anunciada por Mark Zuckerberg, muitas dúvidas vieram à tona sobre o que, de fato, significa o termo e como ele pode agregar a quem deseja entrar no universo virtual, especialmente para empresas.

Para quem ainda não sabe, vamos tentar falar de forma resumida e clara: o metaverso se refere à oportunidade das pessoas terem acesso a uma realidade paralela – ou ficcional – que possibilita experiências de imersão digital. Isso significa que, de forma técnica, nada ali é palpável, mas passa a sensação real, já que possui uma estrutura concreta para que isso seja possível. Ou seja, pode-se ter um avatar e efetuar diversas atividades, como comprar em lojas, ir a shows e interagir com outros indivíduos, tudo de forma virtual.

A relação do metaverso com a jornada de transformação digital em empresas

Mesmo que a transformação digital ainda seja um desafio para muitas empresas e não esteja implantada de fato, os gestores precisam lidar com a chegada dessa realidade imersiva que tem o digital como sua matéria-prima. Isso porque muitos profissionais acreditam que o metaverso será decisivo para as possibilidades de negócios, capaz de promover uma gigante corrida de concorrência.

Com o intuito de agarrar as oportunidades que o conceito apresenta, as empresas devem lidar, especialmente, com o obstáculo de se comunicar de forma efetiva com seus clientes – ainda mais expostos ao imediatismo e à volatilidade do universo digital. Com a gigante demanda de atendimento humanizado e eficaz, pode-se apostar em atendentes virtuais mais amigáveis e intuitivos, elevando a qualidade da experiência dos usuários, seja por meio de portais web, chatbot ou WhatsApp. Isso é possível por meio do metaverso e auxilia com a jornada de transformação digital dos negócios.

Além disso, investir em diversidade de talentos também é essencial para lidar com a crescente das intersecções entre as áreas, para tratar de forma adequada questões éticas, regulatórias, sociais e culturais.

Adentre na transformação digital com a Prodaly

Para começar a sua jornada na transformação digital e se manter a par com as mudanças do mercado, bem como conquistar o crescimento e o sucesso esperado, entre em contato clicando aqui e saiba como a Prodaly pode ajudar sua empresa.

Soluções de ERP, MES, RH, CLOUD, MOBILE, XPI

Escrever Um Comentário